Sketchers quorum

170401-estrela

Urban Sketchers Portugal general assembly convened on April 1st. The official annual meeting had a moderate crowd, almost like a family gathering, except that it had powerpoints and spreadsheets. There was time to talk about the past, time to imagine the future, and time for a silent auction of sketches.

A assembleia geral dos USkP reuniu-se no primeiro de Abril. O evento anual teve uma plateia moderada, quase como uma reunião familiar, mas com powerpoints e folhas de cálculo. Houve tempo para números, para falar do passado e para imaginar o futuro, e ainda houve tempo para um leilão silencioso.

170401-rato-norberto-dorantes

Benfica-Porto was raging already when the meeting was over, and our estemed guest, Norberto Dorantes was bent on watching a Portuguese ball game, so there was just time to get a seat at the first eatery and enjoy a nice roasted chicken, watch the game and be merry. And I got myself a portrait done by Norberto! Yay!

O Benfica-Porto rebentava quando a assembleia acabou, e o nosso convidado de honra, Norberto Dorantes, ansiava por ver um jogo da bola Português. Houve apenas tempo para arranjar lugar no primeiro tasco e comer um belo de um frango assado, ver o jogo e estar alegre. E eu ainda ganhei um retrato feito pelo Norberto! Iupi!

170401-rato

The return of the prodigal sun

170318-minde-01

After several weeks in preparation, the sketches done during the six-month challenge by Pedro Cabral to the Urban Sketchers Portugal has, at last, seen the daylight! Alfredo Roque Gameiro left Minde to work, sketch and paint in the streets of Lisboa in the early 20th century. Last saturday, nearly a hundred sketches, done by over fifty authors, revisiting the original hundred locations depicted by the notorious watercolorist settled in his native town to pay him homage.

Depois de várias semanas de preparação, os desenhos feitos durante o desafio de seis meses proposto pelo Pedro Cabral aos Urban Sketchers Portugal viu, finalmente a luz do dia! Alfredo Roque Gameiro deixou Minde para trabalhar, desenhar e pintar as ruas de Lisboa no princípio do século XX. No último sábado, perto de uma centena de desenhos, feitos por cerca de cinquenta autores, em revista aos cem locais originais desenhados pelo célebre aguarelista estabeleceram-se na sua terra natal em tributo.

170318-minde-02

There was no better place nor better crew to host this exhibition than the Museu de Aguarela Roque Gameiro and its people. The sketches can be seen until the 15th of Abril, when they’ll be regathered for a future exhibition that’s still on the drawing board. Also featured in the museum is the exhibition of original watercolors and illustrations by Alfredo Roque Gameiro himself. To top it off, the building itself, where the museum is based – Casa Açores, with its gardens and annexes – is well worth the visit, having been, in all probability, designed by master architect Raul Lino, as him and Alfredo were known to be good friends.

Não havia melhor sítio nem melhor gente para receber esta exposição que o Museu de Aguarela Roque Gameiro e as pessoas que o mantêm. Os desenhos podem ser vistos até 15 de Abril, altura em que serão reunidos para uma futura exposição que ainda está no estirador. No museu também se pode visitar uma exposição de originais de Alfredo Roque Gameiro, alguns deles, ilustrações feitas para uma edição d’As Pupilas do Senhor Reitor. Por cima de tudo, o próprio edifício onde se localiza o museu – a Casa Açores, com os seus jardins e anexos – vale bem a visita, tendo sido, em toda a probabilidade, projectada por Raul Lino, já que ele e Alfredo eram bons amigos.

170318-minde-03

The sketch meeting that opened the exhibition gathered about 20 sketchers in the museum grounds. Some even explored the weaving workshop where the beautiful local woolen blankets are made, and the town itself. In the late afternoon, the local Charales Chorus gifted us some fine gospel and other tunes for the road back home.

O encontro de desenho que inaugurou a exposição juntou cerca de 20 desenhadores no museu. Alguns até exploraram o atelier de tecelagem onde se fazem as belas mantas de lã de Minde, e a própria vila. Ao fim da tarde, o grupo local Charales Chorus ofereceu-nos um belo gospel e umas outras melodias para o caminho de volta a casa.

img_20170318_130149

#OneWeek100People2017

oneweek100ppl

Last week, Liz Steel and Marc Taro Holmes challenged sketchers worldwide to spend a workweek sketching one hundred people. Sketching people is definitely my thing. Whenever I venture out of it, I feel outside my comfort area. Lately I’ve been focusing mostly on urbanscapes, for work or work practice purposes, so the prospect of hunting down figures, faces and silhouettes for five days felt like holidays.

Na semana passada. a Liz Steel e o Marc Taro Holmes desafiaram os desenhadores do mundo a passar uma semana de cinco dias a desenhar 100 pessoas. Desenhar pessoas é a minha cena. Quando me aventuro par fora, sinto-me sempre fora da minha zona de conforto. Ultimamente, tenho insistido bastante com paisagens urbanas, por questões de trabalho e de prática, de maneira que a expectativa de caçar figuras, caras e silhuetas durante cinco dias sabia a férias.

oneweeksomeppl

I like the idea of using a single sketchbook for a single project. It’s, of course a delusion to keep such neatness ambitions amidst the chaos of several projects, but this one seemed suited. So, completing the challenge in a single sketchbook and complete the sketchbook was a challenge in its own right. Moleskine’s japanese folding sketchbook came to mind as the ideal companion for the challenge. It’s brief, pocket-size, and easy to showcase the harvest in a single glance. It even allows for writing in the cover with a white Posca pen, for that cool wrap-up look.

Gosto da ideia de usar um único caderno para um único projecto. É, claro, uma ilusão manter a ambição tal arrumação no caos de vários projectos, mas este parecia prestar-se a isso. Completar o desafio num único caderno e completar o caderno foi um desafio em si só. Ocorreu-me logo o álbum Japonês da Moleskine como o companheiro ideal para o desafio. É breve, cabe no bolso e é fácil de mostrar a colheita num único olhar. Até permite escrever com uma caneta Posca branca, para aquele ar de terminado.

Thousands of people took the challenge worldwide. Liz and Marc can be proud that they made the world sketch quickly and loosely for a single week. You can check my contribution to the challenge in my instagram account.

Milhares de pessoas no mundo aceitaram e cumpriram o desafio. A Liz e o Marc podem estar orgulhosos de terem feito o mundo desenhar rápida e descontraidamente durante pelo menos uma semana. Podem ver o meu contributo para o desafio na minha conta instagram.