Solidarity sardines

170612-mouraria

During the festivities of the Santos Populares, the districts of the old town of Lisboa get swarmed by hundreds of thousands of people, relishing on cheesy music, beer, bifanas and the traditional sardinhadas (the act of grilling sardines) that announce Summer as swallows do Spring.

Durante a celebração dos Santos Populares, os bairros da Lisboa velha são invadidos por centenas de milhar de pessoas, deliciando-se com música da boa, cerveja, bifanas e a tradicional sardinhada que anuncia o Verão como as andorinhas a Primavera.

In the heart of Mouraria, the residents of one particular building held a solidarity sardinhada to raise awareness to their dramatic situation. All 16 families living there were given an eviction order by the newly anointed landlord, who wants to capitalize the building as an investment product. While the city hall is moving to improve local infrastructures, few policies seem to prevent the current residents of the old districts of Lisboa from being evicted with little chance of retaining their homes or procuring a reasonably priced alternative, and so, any improvements in the area benefit investors alone.

No coração da Mouraria, os habitantes de um edifício organizaram uma sardinhada solidária para chamar a atenção sobre a sua situação dramática. Foi dada ordem de despejo às 16 famílias que lá vivem, pelo novo proprietário, que quer capitalizar o edifício como um produto de investimento. A Câmara Municipal implementa melhorias na infraestrutura, mas poucas medidas parecem prevenir que os actuais habitantes dos bairros antigos de Lisboa sejam despejados com possibilidades mínimas de manter os seus lares ou encontrar alternativas a um preço razoável. E assim, quaisquer melhorias na área acabam por beneficiar apenas o investidor.

While these residents are more outspoken in their protest – the action attracted the attention of a french camera crew and a few local politicians – their struggle is by far not unique, as the same kind of takeover is happening all around the city, in old and new districts alike. The dramatic result is that housing prices for purchase and rental are skyrocketing all around, becoming inaccessible to the local populations, especially for those who, like the tenants of the Rua dos Lagares 25, have lived their whole lives in the old town of Lisboa.

Enquanto estes habitantes são mais activos no seu protesto – a acção atraiu a atenção de uma câmara francesa e alguns políticos locais – a sua luta não é, de longe, a única, já que o mesmo tipo de problema acontece um pouco por toda a cidade, nos bairros velhos bem como nos novos. O resultado dramático é que os preços de arrendamento ou venda se tornaram estratosféricos, tornando a habitação inacessível às populações locais, particularmente para aqueles que, como os inquilinos da Rua dos Lagares 25, viveram toda a sua vida na Lisboa velha.

The return of the prodigal sun

170318-minde-01

After several weeks in preparation, the sketches done during the six-month challenge by Pedro Cabral to the Urban Sketchers Portugal has, at last, seen the daylight! Alfredo Roque Gameiro left Minde to work, sketch and paint in the streets of Lisboa in the early 20th century. Last saturday, nearly a hundred sketches, done by over fifty authors, revisiting the original hundred locations depicted by the notorious watercolorist settled in his native town to pay him homage.

Depois de várias semanas de preparação, os desenhos feitos durante o desafio de seis meses proposto pelo Pedro Cabral aos Urban Sketchers Portugal viu, finalmente a luz do dia! Alfredo Roque Gameiro deixou Minde para trabalhar, desenhar e pintar as ruas de Lisboa no princípio do século XX. No último sábado, perto de uma centena de desenhos, feitos por cerca de cinquenta autores, em revista aos cem locais originais desenhados pelo célebre aguarelista estabeleceram-se na sua terra natal em tributo.

170318-minde-02

There was no better place nor better crew to host this exhibition than the Museu de Aguarela Roque Gameiro and its people. The sketches can be seen until the 15th of Abril, when they’ll be regathered for a future exhibition that’s still on the drawing board. Also featured in the museum is the exhibition of original watercolors and illustrations by Alfredo Roque Gameiro himself. To top it off, the building itself, where the museum is based – Casa Açores, with its gardens and annexes – is well worth the visit, having been, in all probability, designed by master architect Raul Lino, as him and Alfredo were known to be good friends.

Não havia melhor sítio nem melhor gente para receber esta exposição que o Museu de Aguarela Roque Gameiro e as pessoas que o mantêm. Os desenhos podem ser vistos até 15 de Abril, altura em que serão reunidos para uma futura exposição que ainda está no estirador. No museu também se pode visitar uma exposição de originais de Alfredo Roque Gameiro, alguns deles, ilustrações feitas para uma edição d’As Pupilas do Senhor Reitor. Por cima de tudo, o próprio edifício onde se localiza o museu – a Casa Açores, com os seus jardins e anexos – vale bem a visita, tendo sido, em toda a probabilidade, projectada por Raul Lino, já que ele e Alfredo eram bons amigos.

170318-minde-03

The sketch meeting that opened the exhibition gathered about 20 sketchers in the museum grounds. Some even explored the weaving workshop where the beautiful local woolen blankets are made, and the town itself. In the late afternoon, the local Charales Chorus gifted us some fine gospel and other tunes for the road back home.

O encontro de desenho que inaugurou a exposição juntou cerca de 20 desenhadores no museu. Alguns até exploraram o atelier de tecelagem onde se fazem as belas mantas de lã de Minde, e a própria vila. Ao fim da tarde, o grupo local Charales Chorus ofereceu-nos um belo gospel e umas outras melodias para o caminho de volta a casa.

img_20170318_130149