Bacalhau / Baccalà

Genoa-Lisboa Sketch Connection

March: Baccalà / Março: Bacalhau


This is the third of a series of 12 sketchers that Valentina Raiola and I will post throughout the year 2020, recording the similarities between our two cities.

This is one of the thousand ways Portuguese have of cooking cod fish, and happens to be my favorite. Gather the ingredients: cod fish, potato, chickpeas, carrots, egg and a choice of your preferred greens (broccoli). Boil everything and serve soaked in olive oil and vinegar. Garlic optional. Simple, effective and tasty!

Cod fish is not native from around here. It’s usually fished from the North Atlantic, so the fish has to be salted on the boats to preserve. When it gets to the shops in Lisboa, it’s hard, dry and heavily salted, so dipping in water is necessary overnight.

Este é o terceiro de uma série de 12 desenhos que a Valentina Raiola e eu iremos publicar durante o ano de 2020, registando as semelhanças entre as nossas duas cidades.

Esta é uma das mil formas que os Portugueses têm de cozinhar bacalhau, e é a minha favorita. Juntem os ingredientes: bacalhau, batata, grão, cenouras, ovo e uma escolha dos vossos verdes preferidos (brócolos). Cozam tudo e sirvam, bem regado em azeite e vinagre. fatias de alho opcionais. Simples, eficaz e saboroso!

O bacalhau não é nativo daqui. Normalmente é pescado no Atlântico Norte, portanto tem de ser salgado nos barcos para conservar. Quando chega às lojas em Lisboa, está duro, seco e fortemente salgado. Torna-se necessário demolhá-lo durante a noite.

Waterfront

Genoa-Lisboa Sketch Connection

February: Waterfront / Fevereiro: Beira-mar


This is the second of a series of 12 sketchers that Valentina Raiola and I will post throughout the year 2020, recording the similarities between our two cities.

The waterfront of Lisboa, on the Tejo river, is 17km long, but for many years, most of it was only partially accessible and difficult to get to. Between shipping containers, port equipment and the railway line along the shore towards the ocean, just a few spots were available to promenade. Nowadays, the city is improving its relationship with the river, and giving the waterfront back to its citizens. One place that was always accessible, despite varying in importance, is the Cais das Colunas. Statespeople used it as a noble entrance into the city. Merchants would buy goods fresh from the overseas trading here, before anywhere else. Revolutions held their stand in the nearby Praça do Comércio, and governments established their headquarters in the surrounding colonnaded buildings.

Nowadays it’s the favorite selfie spot for tourists. Still it feels good to be this close to the water.

Este é o segundo de uma série de 12 desenhos que a Valentina Raiola e eu iremos publicar durante o ano de 2020, registando as semelhanças entre as nossas duas cidades.

A frente ribeirinha de Lisboa, sobre o Tejo, tem 17km de comprimento, mas durante muitos anos, a maior parte estava apenas parcialmente acessível ao público e era difícil de lá chegar. Entre contentores, equipamento portuário e a linha de comboio marginal, apenas alguns pontos estavam disponíveis para passear. Hoje em dia, a cidade está a melhorar a sua relaçaõ com o rio, devolvendo a frente ribeirinha aos cidadãos. Um lugar que sempre esteve acessível, apesar da importância variável, é o Cais das Colunas. Governantes usaram-no como entrada nobre da cidade. Comerciantes compravam mercadorias frescas das rotas comerciais marítimas, aqui antes de em qualquer outro lugar. Revoluções resistiram na Praça do Comércio próxima, e governos estabeleceram os seus quartéis-generais nas arcadas vizinhas.

Hoje em dia, o Cais das Colunas é o selfie spot favorito para os turistas. Ainda assim, sabe bem estar próximo da água.

Narrow streets

Genoa-Lisboa Sketch Connection

January: Narrow streets / Janeiro: Ruas estreitas


This is the first of a series of 12 sketchers that Valentina Raiola and I will post throughout the year 2020, recording the similarities between our two cities.

Have you ever lived in an apartment where you could handshake your neighbor from the building across the street? Or even collect their hanging clothes? Narrow streets are a feature of the old parts of both Genova and Lisboa, sometimes even coupled with stairs. In Lisboa, the narrowest alleys can be find the old districts of Castelo, Alfama and Mouraria. The latter, on the northern slope of the castle hill, was the least desirable location, and was left to the conquered moors that could not, or chose not to leave the city, many centuries ago. The geography and heritage of Mouraria is part of the character of the area now.

Este é o primeiro de uma série de 12 desenhos que a Valentina Raiola e eu iremos publicar durante o ano de 2020, registando as semelhanças entre as nossas duas cidades.

Já viveram num apartamento onde podiam apertar a mão ao vosso vizinho do prédio da frente? Ou mesmo recolher as suas roupas estendidas? Ruas estreitas são uma particularidade da parte velha de Génova e de Lisboa, por vezes até combinadas com escadarias. Em Lisboa, as vielas mais estreitas podem ser encontradas nos antigos bairros do Castelo, Alfama e Mouraria. O último, na vertente norte da colina do castelo, era a localização menos desejável, e era deixada para os mouros conquistados que não puderam, ou não quiseram sair da cidade, há muitos séculos atrás. A geografia e o património da Mouraria é, hoje em dia, grande parte do carácter da zona.

Genoa Lisboa Sketch Connection

In the summer of 2019, I had the chance to visit Genova to teach a sketching workshop, and participate in a sketching event with the great people of USk Liguria. It soon became apparent that Genova and Lisboa had much in common: the good food, the old narrow streets, the waterfront, the steep hills, the rich history.

Before the end of the year, Valentina Raiola – one of the USk Liguria admins, and a great drink and draw companion – approached me with the idea of sharing the similarities between both cities in monthly sketches. And so, Genoa-Lisboa Sketch Connection was born!

For the next 12 months, Valentina and I will share with the world the similarities between Genova and Lisboa, through sketches and text, in our blogs and social media. We will each post one sketch per month, each one based on a theme that connects both cities. Think Inktober but less frantic and establishing a bridge between two places and two people.

Follow us in #GenoaLisboaSketchConnection

No verão de 2019, tive a oportunidade de visitar Genova para dar uma oficina de desenho e participar num evento de desenho com o pessoal dos USk Liguria. Cedo se tornou aparente que Genova e Lisboa tinham muito em comum: a boa comida, as velhas ruas estreitas, a frente aquática, as encostas íngremes, a riqueza histórica.

Antes do final do ano, a Valentina Raiola – uma das administradoras dos USk Liguria, e uma excelente companheira do desenha-e-bebe – propôs-me a ideia de partilharmos as semelhanças entre as duas cidades em desenhos mensais. Assim nasceu a Genoa-Lisboa Sketch Connection!

Durante os próximos 12 meses, a Valentina e eu iremos partilhar com o mundo as semelhanças entre Genova e Lisboa, através de desenhos e texto, nos nossos blogs e redes sociais. Iremos publicar um desenho por mês, cada um baseado num tema que liga ambas as cidades. Tipo Inktober, mas menos frenético e estabelecendo uma ponte entre os dois locais e povos.

Sigam-nos em #GenoaLisboaSketchConnection